sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Segue Rodando

Segue rodando pela vida
E nós vemo-la seguir
Nessa vida esquecida
Que vemos cair.

Mas ela passa
E nós olhamo-la de fundo
E espera pelo momento que faça
Tudo acabar num segundo.

Senta-te aqui comigo
Vamos ver como passa
Engraçado como gira
Enquanto vives só contigo
E do fundo ela te admira.

Ah! Como eu gostava
De largar as correntes
Um esforço bastava
Para sermos experientes
Num sonho que acabava
Em momentos estridentes.

Ui! Queres estar aqui?
Então sai, e vai mais além
Porque daqui nada se vê.
E mesmo que venha alguém
Mostrar-te-á o mundo que vem.

Estou aqui para te acordar
E nem penses que vou desistir.
Mesmo que tenha de bem alto gritar
E fraco me comece a sentir
Terei algo para agarrar.

Vive o sonho de sonhar
Vive a vida a viver.
Não esqueças de contemplar,
Aquilo que queres esquecer
Para poderes afastar.

Eis chegados no momento
Em que juntos viveremos.
Não será um lamento
Mas o suficiente sofremos,
Por aquilo em que cremos.


Ricardo Bragança Silveira
12 de Janeiro de 2012

2 comentários:

  1. És um grande poeta,continua ;)

    Tenho uma prendinha para ti no meu blog(http://mundomeu84.blogspot.com/) ;) bj

    ResponderEliminar